transportadora logística

Transportadora ou logística do marketplace: qual escolher?

Os marketplaces oferecem benefícios como maior visibilidade e potencial de venda em relação ao e-commerce. Os sellers possuem uma série de obrigações, sendo a principal delas assegurar que o cliente receba o produto conforme o prazo pré-definido.

O que exige uma operação bem estruturada, parceria com transportadora logística, entre outros cuidados. Isso porque nos marketplaces, o processo de separação e envio fica por conta do seller, que deve contar com um serviço de logística eficiente, capaz de trazer agilidade e segurança às entregas.

No post de hoje apresentamos as principais opções disponíveis, suas vantagens e demais informações para ajudar você a escolher a mais viável.

Quando contar com a logística do marketplace?

Marketplaces conceituados no mercado, como o B2W e o Mercado Livre, apresentam seus próprios serviços de entrega. Geralmente são empresas próprias ou parcerias que se encarregam do envio das encomendas, inclusive a retirada no local em que o produto se encontra. Vamos falar um pouco das mais expressivas no mercado nacional.

B2W Entrega

O B2W Entrega é a plataforma de logística para os sellers que expõem seus produtos nas Americanas, no Submarino ou outro portal de vendas do B2W Marketplace. Com ela, o seller recebe o pedido, emite a nota fiscal e envia para a transportadora que se encarrega da preparação, embalagem e envio. É um serviço chega a ser 20% mais em conta do que outras transportadoras e ainda oferece as seguintes vantagens:

  • sistema próprio de rastreamento de encomendas;
  • logística reversa paga pela B2W;
  • equipe própria e especializada para acompanhar a entrega;
  • indenização em caso de roubo o extravio das encomendas por até 15 dias.

O B2W também oferece o Direct, um serviço de entregas expressas para pedidos de até 30 quilos que também contempla a estocagem e logística reversa.

Mercado Envios

É a opção logística oferecida pelo Mercado Livre aos sellers que atendem os requisitos dos termos e condições gerais do serviço. A principal vantagem é o preço reduzido em relação aos Correios, por exemplo. As entregas são conduzidas pelo marketplace ou por empresas parceiras. Entre outros benefícios, podemos listar:

  • entregas rápidas e seguras;
  • serviço de seguro para as encomendas;
  • cálculo do frete na própria plataforma;
  • logística reversa facilitada;
  • serviço de coleta na porta.

Quando contar com a transportadora?

transportadora pode ou não arcar com o preparo das encomendas e a coleta do produto no endereço especificado. A principal vantagem diz respeito à versatilidade, uma vez que muitas transportadoras não apresentam limites para o peso ou dimensões, o que torna o serviço indispensável para o envio de certos itens.

Além disso, podemos destacar os seguintes pontos positivos:

  • possibilidade de negociar valores para grandes volumes;
  • integração com sistemas que possibilitam rastreamento e controle;
  • alcance específico (regional, nacional etc);
  • funcionamento contínuo, diferente dos Correios que entram em greve;
  • sólida experiência no mercado.

Vale ressaltar a importância de buscar referências no mercado, pesquisar o histórico da empresa, os serviços e as seguranças oferecidas e os valores praticados.

Quando contar com os Correios?

Os Correios muitas vezes oferecem opções mais interessantes de frete, mas a estatal perdeu espaço no comércio eletrônico por causa da extinção do e-Sedex e, hoje, é responsável por apenas 37% do volume de envios (53% para as transportadoras e 10% retirada em mãos segundo o 38º Webshoppers).

Os Correios se mostram uma alternativa viável, mas as greves e atrasos ainda impedem sua total recomendação. Há a possibilidade de firmar um contrato na modalidade Cartão Correio Fácil, que oferece os seguintes serviços:

  • valores mais em conta que as encomendas convencionais;
  • logística reversa para auxiliar nas trocas e devoluções;
  • ferramentas gratuitas para o gerenciamento da logística;
  • acesso a serviços e prazos diferenciados dos Correios.

Em quais ferramentas de integração é importante investir?

As responsabilidades com a logística podem ser facilitadas com o uso da tecnologia para automação, rastreio, mensuração de dados etc. Nem sempre a plataforma de marketplace oferece todas essas opções, sendo interessante o uso de uma ferramenta de integração, capaz de estreitar processos e oferecer informações precisas para auxiliar na gestão.

Integração completa

Integradores como a Connect Hub dispõem de ferramentas que permitem cadastrar produtos e acompanhar a situação dos pedidos em todos os marketplaces, como saber quais tiveram o pagamento aprovado, quais estão a caminho do comprador, entre outras possibilidades. Tudo é disponibilizado em um só painel, sem risco de envios de pedidos para o cliente errado e com a vantagem de gerar dados para aperfeiçoar a estratégia.

ERP

O ERP é um software de gestão que integra todas as áreas do negócio. Ele é importante pois facilita o fluxo de informação, oferecendo indicadores de performance para auxiliar a gestão. Há diferentes módulos como vendas, estoque, fiscal, logística, Recursos Humanos, entre outros. A ideia é utilizar apenas os módulos que o negócio precisa, de modo a obter uma vantagem competitiva e redução de processos/custos.

Rastreio de pedidos

Atualmente os principais serviços de entrega apresentam a opção de rastreio dos pedidos. Avalie sua complexidade, grau de acerto e se os dados são disponibilizados em tempo real também para o cliente. Quanto mais segurança o serviço passar, melhor será a reputação do seller.

Gestão de frotas

Ferramenta indicada apenas para operações maiores, em que o seller utiliza mais de uma transportadora e transporte próprio. Um software de gestão de frotas facilita a integração entre a empresa e seus fornecedores, bem como o controle operacional dos veículos. Dessa forma, pode fazer o acompanhamento do consumo de combustível, da necessidade de manutenções, entre outras possibilidades.

Como escolher entre transportadora e logística do marketplace?

O primeiro passo é definir quais suas necessidades e se a opção escolhida consegue atendê-las. Quando o seller tem uma visão clara das demandas, pode decidir com mais facilidade qual serviço consegue cumprir com suas expectativas. O ideal é fazer uma pesquisa interna para saber exatamente os serviços que espera do parceiro logístico.

O passo seguinte é avaliar a reputação das empresas. Procure saber o máximo de informações como processos de segurança, prazos, trajetos, taxa de entregas dentro do combinado, reclamações quanto a atrasos, extravios ou defeitos nos produtos. Se possível, pergunte a outros sellers o que acham dos serviços que utilizam.

Por fim, avalie valores e condições da transportadora logística. As empresas que procuram melhorar a experiência de consumo para seus clientes são as mais indicadas. Considere também os investimentos do parceiro em tecnologia e as ferramentas digitais, pois dessa forma você economiza nesse quesito e ainda ganha agilidade nas operações.

Gostou do que leu? Aproveite então e entre em contato para conhecer mais sobre o que a solução da Connect Hub é capaz de fazer pelo seu negócio na web!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.