Transportadora de carga para vender no marketplace: como escolher?

A logística é um dos pontos de maior atenção no marketplace, uma vez que o serviço de transportes de carga precisa estar adequado às demandas do mercado e as expectativas do consumidor. Nesse contexto, é fundamental estruturar os processos para agilizar as ações e obter resultados mais significativos.

O negócio precisa atender os prazos, conseguir preços competitivos e apresentar mais de uma opção de frete. Daí a importância de conhecer as propostas das transportadoras e não se atrelar apenas aos serviços oferecidos pelos Correios, pois greves e outros empecilhos podem comprometer a reputação do seller.

Para auxiliar nessas questões, elaboramos este post com informações muito importantes sobre o tema. Boa leitura!

Por onde começar?

Em linhas gerais, a logística está relacionada aos processos de gestão de estoque, contatos com fornecedores, custos do transporte, atendimento ao consumidor, entre outros. São pontos que exigem gerenciamento, uma vez que se forem negligenciados o empreendimento pode comprometer sua lucratividade.

O ideal é começar identificando quais tipos de carga vão demandar transporte, incluindo peso, medidas e demais características do produto. Também é importante entender como funciona o fluxo de produção e manter o controle do estoque. Dessa forma, é possível dimensionar a logística da melhor maneira possível.

Por que contar com uma transportadora?

Mencionamos as falhas que os Correios apresentam, porém esse não é o único motivo para contratar uma transportadora para as entregas do marketplace. Vamos aos pontos-chave:

Maior segurança

O serviço de transporte ainda acarreta grandes riscos se não forem bem planejados ou executados. A contratação de uma companhia especializada em transportes redime o seller de muitos desses riscos, pois a terceirização oferece mais segurança no transporte dos pedidos, garantindo inclusive a devolução de valores em casos extremos como perda da carga.

Estrutura específica

O fornecedor logístico dispõe de uma estrutura para que o transporte possa ser realizado de maneira segura, rápida e eficiente. São profissionais e equipamentos preparados para atender as diferentes necessidades dos sellers. Além disso, eles tendem a empregar processos que se adéquam a encomenda conforme suas características como porte e formato.

Conhecimentos sólidos no segmento

Além da boa estrutura, empresas de logísticas contam com profissionais especializados, que passaram por cursos e treinamentos. Elas ainda se encarregam de verificar qual o modus operandi ideal para a encomenda, considerando distâncias e localidades para busca e entrega. Inclusive há um grande auxílio no mapeamento de processos, levando em conta falhas e oportunidades.

Rastreamento da carga

Assim como os Correios, parceiros logísticos também oferecem formas de rastreio da encomenda, afinal esse diferencial é quase uma obrigatoriedade. Tanto o cliente quanto o seller tem acesso as informações em tempo real e podem se preparar para a chegada do pedido.

Questões legais

O fornecedor também trata de toda a documentação necessária para o transporte, a exemplo dos trâmites fiscais e de aduanas, o que facilita os processos internos do vendedor. Como esse último não terá essas obrigações terá mais tempo para moldar sua estratégia de venda.

Como escolher uma empresa de transportes de carga?

Antes de fechar contrato é fundamental conhecer o perfil da empresa, suas políticas, se há reclamações, entre outras questões. Vamos aos pontos mais relevantes dessa parceria:

Cumprimento de prazos

Atrasos na entrega podem comprometer a imagem da marca, não há nada mais frustrante para um cliente que compra pela internet. Uma empresa especializada possui processos eficientes, capazes de atender prazos e aumentar a satisfação do consumidor. Informe-se quanto às políticas de prazos, se há reclamações de outros sellers quanto a atrasos.

Suporte especializado

Um fornecedor confiável busca uma parceria sólida com seus clientes. Para isso, oferecem a eles serviços personalizados, que atendam as necessidades. Cada seller possui um perfil diferente e é indispensável que a transportadora conheça a área de atuação e a realidade dos consumidores. Assim, pode atuar de forma estratégica para o sucesso da parceria.

Preços competitivos

Os valores cobrados podem ser revertidos para os clientes se eles arcarem com o frete ou aumentar a margem de lucro se o vendedor oferecer a entrega gratuita. O ideal é negociar com o fornecedor conforme o histórico de vendas realizadas nos últimos meses e o volume de pedidos.

O valor do frete ainda é um ponto determinante para a escolha do cliente. Um valor muito elevado fará com que procure outro vendedor. Analisar esses custos pode afetar a competitividade e a sustentabilidade financeira do seller.

Operação em todo o território nacional

Muitas transportadoras trabalham apenas em nível regional, contudo há aquelas que atendem todo o país ou possuem parcerias com outras empresas para uma maior abrangência. Seria interessante que também oferece suporte para vendas internacionais. Mesmo se não for o foco do seller, nunca se sabe quando será feita uma venda para outro país.

Boa reputação no mercado

Esse é o principal ponto a ser levado em conta, afinal se a empresa não tem uma boa reputação seus serviços não são os melhores. Se há muitas reclamações referentes a atrasos, cobranças e extravios evite esse fornecedor. Uma boa análise vai ajudar na escolha de uma transportadora confiável.

Integração

Quanto maior for a integração entre os sistemas (do seller e da empresa de logística) mais assertivas são as ações. Por exemplo, o WMS é um sistema desenvolvido para o gerenciamento de atividades e equipes em armazéns e centros de distribuição. Muitas empresas permitem a integração entre os sistemas, facilitando a comunicação, controle e execução das entregas.

Quando contratar uma transportadora?

Sempre. Independente do produto que vende, da plataforma e volume de vendas sempre há um fornecedor que tem os requisitos para oferecer um bom serviço de entregas. Em algumas situações, entretanto, a contratação se faz indispensável face às limitações dos Correios. Por exemplo, a estatal não entrega itens de linha marrom ou branca, produtos acima de 30 kg, entre outras características.

Sendo assim, a transportadora é a opção mais viável para os transportes de carga no marketplace em todas as situações. Por oferecer maior profissionalização dos processos e valores competitivos dentro desse mercado.

Gostou do que leu? Aproveite e leia também esse nosso post com dicas para aumentar as vendas com o marketplace. Acompanhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.