A importância do marketplace na estratégia omnichannel

O omnichannel reúne uma série de práticas para fazer a convergência entre as lojas físicas e virtuais. O intuito é integrar os canais de comunicação, atendimento e logística para gerar mais conversões e consequentemente melhorar os resultados do negócio.

O marketplace tem um papel fundamental nessa estratégia, contribuindo para tornar a experiência do consumidor a mais positiva possível. Continue lendo este post para entender a importância desse elemento e como ele pode tornar a estratégia multicanal mais eficiente. 

Como funciona a gestão omnichannel?

Todos os canais de contato com o público funcionam de forma complementar para garantir uma boa experiência de compra. Basicamente, ele pode também adquirir o produto no site ou loja no marketplace e retirá-lo na loja física. Para isso, seus canais de comunicação devem funcionar em conjunto. Se o cliente inicia o contato pelo chat da rede social consegue dar continuidade pelo WhatsApp, por exemplo. 

O mais importante aqui é assegurar uma experiência completa a fim de satisfazer o consumidor independentemente do canal utilizado por ele para fazer uma compra. A gestão do estoque também é feita de forma unificada, sendo que, ao concluir o pedido, já é feita a separação e o preparo para a retirada, evitando que o mesmo item seja vendido duas vezes. 

Como os marketplaces ajudam na estratégia?

Marketplaces são uma fator-chave para a gestão omnichannel, oferecendo uma série de recursos que favorecem a integração entre o mercado físico com o digital. Vamos aos ponto-chave a seguir.

Fidelização

Uma das vantagens do marketplace para negócios que já atuam no meio físico é a possibilidade de o negócio apresentar sua proposta para um público disposto a adquirir um produto ou serviço. Você também se aproveita da credibilidade daquela marca para vender mais.

Com o omnichannel, o negócio mostra que por trás daquele perfil há uma loja séria, com credibilidade, que pode encantar o cliente também no meio físico. 

Integração de várias plataformas

A partir da unificação de suas ações em diferentes marketplaces, é possível cadastrar produtos, acompanhar pedidos, o faturamento e o desempenho dos perfis. Com o integrador, o gestor tem a possibilidade de reforçar sua estratégia omnichannel atuando nos principais “shoppings da internet“, como Americanas, Extra, Mercado Livre, Magazine Luiza, com uma gestão simplificada.

Geração de relatórios

Se antes o gestor do comércio físico baseava suas decisões em sua experiência e controle manual do estoque, agora ele se vale de uma série de métricas que facilitam suas ações. O integrador de marketplace oferece indicadores de todas as lojas cadastradas.

Dessa forma, os gestores acompanham quais delas apresentam melhores rendimentos, quais produtos são mais vendidos, quais são mais acessadas, entre outros dados que permitem aperfeiçoar a gestão omnichannel como um todo. 

Compreensão sobre o comportamento do consumidor

O omnichannel deve oferecer uma experiência contínua ao consumidor e para isso é importante conhecer seus hábitos de consumo, interesses e preferências. A partir dos dados de acesso e de demais recursos que permitem avaliar as métricas dos negócios virtuais, tem-se um maior entendimento desse comportamento.

Vale ressaltar que em uma gestão omnichannel a velocidade é um fator de sucesso. Loja física, loja virtual e loja do marketplace devem caminhar em igualdade para manter o equilíbrio das ações. Nesse aspecto, é fundamental focar em agilidade e eficiência, independentemente do canal utilizado pelo cliente. Assim, gera-se uma boa experiência de compra.

Gostou do conteúdo? Aproveite e entre em contato conosco para ver como nossa solução pode ajudar em sua estratégia de vendas.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.