MARKETPLACE CNOVA

Já conhece o marketplace da Cnova ou Via Varejo? Veja nosso guia completo para começar a vender!

A Via Varejo é um dos maiores marketplaces do Brasil. Antes conhecido como marketplace Cnova ele mudou de nome, mas continua sendo um dos hubs de comércio online mais visitados do país. Extra, Ponto Frio, Casas Bahia, CDiscount e Barateiro.com são alguns dos websites que integram esse marketplace.

No artigo de hoje, você vai entender tudo que precisa saber para colocar os seus produtos nessas lojas e começar a vender mais. Vamos explicar um pouco mais da história da empresa, que lojas já trabalham com esses marketplaces, que vantagens você pode obter ao integrar seu e-commerce nessa plataforma e como fazer isso da maneira correta.

Pronto para aprender? Então vamos lá!

O que é e como funciona o marketplace da Cnova?

A Cnova é uma empresa holandesa que administra múltiplos negócios de comércio eletrônico ao redor do mundo, dentre os quais a Via Varejo no Brasil. Criada em 1996 sob o nome Pontofrio, ela foi uma das primeiras a atuar no comércio eletrônico do Brasil e conquistou a confiança e a fidelidade de milhares de brasileiros nesses anos de história.

Em pouco menos de três anos, foi adquirida pelo Grupo Casino, que expandiu os negócios no país e abriu outras lojas de comércio eletrônico, notoriamente as ligadas ao Grupo Pão de Açúcar.

Ao longo da última década, a empresa expandiu, com a entrada de acionistas e outras lojas como as Casas Bahia, no que veio a se tornar conhecido como Via Varejo, uma holding de e-commerces e lojas físicas que também opera sob a modalidade de marketplace.

A Via Varejo é hoje a responsável pela operação da Cnova no Brasil, e todos os lojistas que integram o marketplace Cnova estão ligados à empresa, que opera também o Extra.com.br.

A empresa é líder no comércio de eletrônicos e eletrodomésticos no Brasil, contando com mais de 60 milhões de consumidores anualmente e 50 mil colaboradores em todo o país. Entre seus reconhecimentos, ela já venceu treze vezes o Top of Mind como uma das varejistas preferidas dos brasileiros e também está listada na bolsa de valores sob o código VVAR3.

Quais as lojas que já trabalham com a Via Varejo?

Além das lojas que compõem a Via Varejo, muitos são os estabelecimentos que trabalham sob o modelo de marketplace em parceria com a instituição. Não só pequenos e médios comerciantes, mas também grandes varejistas encontram no marketplace Cnova uma maneira de expandir seus mercados e atuarem em áreas nas quais não têm uma presença pré-estabelecida.

É esse o caso dos lojistas das Livrarias Curitiba, que recentemente viram um crescimento grande em seu negócio e puderam investir mais de R$34 milhões na construção de um novo Centro de Distribuição.

As operações feitas em marketplace hoje representam 50% dos negócios da Livraria e este também é o caso de muitas outras empresas, que veem nos marketplaces a oportunidade de abocanhar novas fatias do mercado competindo em regiões que ainda não dominam.

Existem vantagens ao vender em marketplace?

A pergunta que deixa muitos comerciantes intrigados, porém, continua sendo a mesma de quando os serviços de marketplace foram lançados há alguns anos: vender em marketplace ou e-commerce? Deixar de lado a loja própria para operar apenas em marketplaces como o Cnova parece arriscado, e muitos lojistas têm receio de fazer essa migração.

Há muitos benefícios para aquelas lojas que optam por colocar os seus produtos em e-commerces de terceiros ou marketplaces. Esses comércios aumentam a exposição dos produtos oferecidos pelos varejistas, afinal, recebem muito mais visitantes diários do que a média de um e-commerce recém lançado.

A Via Varejo, por exemplo, recebe 59 milhões de visitas, mais de 1 milhão de pedidos e é o resultado de mais de 100 milhões de buscas todos os meses. O volume e a exposição proporcionados por esse marketplace são incomparáveis com o de uma loja própria, o que faz com que seja bastante vantajoso operar nos marketplaces da marca.

Mas não são esses os únicos benefícios de quem opta por também comercializar os seus produtos nos sites de outras lojas. Confira alguns dos motivos para você apostar nessa tendência e no marketplace Cnova!

Mais vendas

O principal benefício dos marketplaces é o aumento de vendas que eles proporcionam aos varejistas expostos ali. Ao disponibilizar produtos para um grande número de visitantes, alavanca-se a exposição deles e, consequentemente, o número de conversões.

Porque os marketplaces já trabalharam para estabelecer marcas reconhecidas no mercado, eles são top of mind para muitos consumidores, que preferem ir direto a essas lojas do que pesquisar e comparar em milhares delas. Isso faz com que, para uma grande fatia do público, os marketplaces sejam como os shoppings, onde é possível encontrar de tudo em um só lugar.

Colocar os seus produtos em um marketplace como o Cnova fará com que você esteja nessas vitrines virtuais, acessível para milhões de clientes que estão decididos a levarem um produto para casa quando visitam esses websites.

Novos consumidores

Sua loja atinge todas as pessoas que poderia? Uma parcela significativa dos consumidores ainda tem receio de comprar na internet, por isso, prioriza lojas que já conhece, como as da Via Varejo. Ao inserir os seus produtos em um marketplace, você tem a chance de atingir esses consumidores (e muitos outros que talvez nunca visitariam o seu website).

Os gastos em marketing diminuem sem impactar as vendas, porque clientes que normalmente navegariam por essas lojas tradicionais podem conferir as suas ofertas, mesmo sem jamais ter ouvido o nome da sua loja. Com um bom atendimento e um serviço de logística impecável, a venda por marketplace torna-se uma chance de fidelizar consumidores que, de outra forma, provavelmente não chegariam até você.

Infraestrutura

A infraestrutura de um marketplace também pesa muito na hora de optar por vender nesses sites em detrimento de um e-commerce tradicional. É o que acontece por trás do negócio que faz toda a diferença para quem opta ingressar em um marketplace.

Todo o trabalho de divulgação, por exemplo, fica sob responsabilidade de quem comanda o marketplace e, em alguns casos, eles se responsabilizam até por parte da logística, lidando com múltiplas transportadoras para conseguir o melhor custo-benefício nas entregas. Isso faz com que gerir uma loja online seja menos complicado e vender em marketplaces, mais vantajoso.

Hospedagem, domínio, largura de banda e todos os outros fatores que devem ser considerados para manter um e-commerce operando passam a ser responsabilidade do marketplace e não da sua loja. É possível, portanto, focar em outras áreas do negócio enquanto essa parcela do trabalho é realizada pelos especialistas encarregados pela construção, manutenção e atualização das páginas do marketplace Cnova.

Sob sua responsabilidade, ficam apenas as tarefas de gestão da própria loja, administração do estoque, distribuição de produtos e relacionamento com fornecedores.

Como iniciar as vendas no marketplace Cnova?

Como vender em um dos maiores varejistas online do Brasil? Se você leu este artigo até aqui e não para de pensar em colocar os seus produtos à venda no marketplace Cnova, é hora de conhecer os truques que farão com que eles tenham um desempenho incrível na plataforma.

Não basta escolher o marketplace certo para o seu público, é preciso também conhecer os segredos para aparecer entre os primeiros na busca desses websites. Para fazer isso, é muito importante cadastrar os seus produtos de maneira correta.

Com as dicas abaixo, você vai aprender a fazer isso da maneira mais eficiente possível. Também entenderá como cada um dos critérios são avaliados para aumentar a exposição dos seus produtos em um marketplace e como dominar cada um deles. Confira!

Descreva os itens com clareza

A descrição de um item é muito importante para conseguir conquistar o consumidor utilizando um marketplace. Afinal, ele não está vendo todo o front-end da sua loja e sim utilizando uma ferramenta de terceiros para visualizar os produtos que ela oferece. O campo que ele usa para tirar dúvidas e estabelecer se a sua empresa é confiável é a descrição dos produtos e ela deve ser caprichada.

Cada marketplace tem regras específicas para criação de descrições. Alguns deles aceitam imagens, por exemplo, enquanto outros não. Por isso, o uso de um integrador de marketplaces é uma excelente maneira de sair na frente da concorrência na hora de cadastrar os seus produtos.

A ferramenta notificará você de todas as particularidades de um determinado marketplace para que consiga criar uma descrição completa e cativante, que beneficiará os seus produtos em SEO e fará com que eles apareçam entre os primeiros resultados de busca.

De forma geral, porém, toda descrição de marketplace deve ter um texto mais comercial e menos técnico. Priorize os termos que o seu cliente utilizaria para encontrar um produto na busca e não aqueles que o fornecedor usaria para descrevê-lo.

Além disso, sempre que possível, aposte em uma ferramenta como o Google Keywords para descobrir quais são as principais palavras-chave relacionadas ao produto que está tentando vender e garantir que ele aparecerá não apenas nos resultados de pesquisa do marketplace, mas também nas páginas principais do buscador norte-americano.

Capture imagens dos produtos

O primeiro estímulo que temos para adquirir um produto é visual. Por isso, capriche nas fotos dos seus produtos para que eles consigam chamar atenção dos clientes no primeiro clique. É fundamental que as imagens cadastradas no marketplace tenham alta qualidade, já que a maioria desses sites hoje permite que os clientes utilizem o recurso de zoom para ver mais detalhes nos produtos.

É preciso que as imagens cadastradas permitam ver todos os detalhes dos itens, desde o material em que são produzidos até suas cores. Por isso, aposte em uma produção impecável e invista em fotos profissionais. Elas terão uma resolução melhor, serão mais atraentes e conseguirão mostrar seus produtos com clareza para quem opta por comprá-los pela internet.

Lembre-se sempre: quanto mais detalhes, melhor. Por isso, não tenha medo de fazer o upload de pelo menos cinco fotos. Isso permitirá que o cliente realmente interaja com o conteúdo publicado e tome uma decisão.

Pense em um título bacana

A descrição não é o único texto que conquista os clientes: o título do produto também precisa estar alinhado ao conteúdo da oferta e ser chamativo o suficiente para que consumidores cliquem no seu produto e não nos demais que aparecem na busca.

Por isso, invista no uso de palavras-chave, não se esqueça de descrever o produto em questão — especificando, por exemplo, a cor dele e o tamanho, caso seja necessário — e procure fazê-lo o mais atraente possível.

Invista em gerenciamento de estoque

Para que a sua loja venda bem em um marketplace, será preciso fazer um gerenciamento de estoque impecável. O conteúdo de uma oferta faz com que ela seja atraente, mas é a sua capacidade de corresponder às expectativas do cliente — em relação à entrega, ao prazo e à disponibilidade de produto — que fazem a grande diferença no seu número de vendas.

Por isso, invista em um software para ajudá-lo com a gestão de produtos, procure estar sempre atento para as quantidades disponíveis no seu estoque e seja próximo dos seus fornecedores para conseguir ofertas e descontos na reposição de estoque.

Busque um integrador de marketplace

Como mencionamos algumas vezes ao longo deste texto, existem ferramentas específicas para ajudá-lo a cadastrar os seus produtos em um marketplace com sucesso. Estamos falando dos integradores de marketplace, softwares desenvolvidos para facilitar o preenchimento correto das informações e automatizar a inserção dos seus produtos nos principais marketplaces do mercado.

Esses softwares são um excelente investimento e servem a múltiplos propósitos. Eles conseguem tanto poupar tempo no cadastramento de produtos quanto se integrar a ferramentas que você já utiliza no dia a dia do seu negócio para gerir o estoque e o relacionamento com clientes.

Se quer vender na Via Varejo e fazer sucesso, aposte em uma ferramenta de qualidade. Ela será uma grande aliada do sucesso do seu e-commerce em um marketplace.

Gostou de aprender como vender pela internet e integrar um dos principais marketplaces do mercado? Agora que você já sabe tudo sobre o marketplace Cnova, compartilhe este nas suas redes sociais para que outras pessoas possam conhecer também!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

5 Comentários

  1. Fui roubada por extra.com comprei um microondas em 15/12/20 e até hoje dia 28/02/21 e não me entregaram marcaram várias vezes a entrega e em 2 falsificaram minha assinatura e falaram q me entregaram e é mentira estão me roubando não sei mas o q fazer me ajude.

    1. Oi, Mara!
      Esse tipo de situação é realmente péssima, tanto para você consumidora como para o próprio Extra.
      Entre em contato com eles pelo https://www.extra.com.br/centraldeatendimento/home.aspx, pois eles podem cobrar os envolvidos e resolver a situação.
      Boa sorte!

  2. Avatar

    Bom dia, abri uma conta no Via varejo, mas resolvi cancelar a mesma, só que não consigo, nem através do site da Via varejo e nem através do site Cnova, é uma tristeza, para abrir é a maior facilidade, depois, não tem milagre que faça conseguir cancelar, gostaria de uma solução dos Senhores, pois quero fazer o cancelamento da conta, por favor.

    1. Bom dia, Cristina.
      Tudo bem?

      Realmente, a contratação e o cancelamento de conta é realizado diretamente com o marketplace.
      No caso da Via Varejo, recomendo que você acesse este link: https://pas.viavarejo.com.br/login?returnUrl=%2F

      Boa sorte 🙂

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.