ERP marketplace

ERP marketplace: Guia completo de como vender nos maiores varejistas online do Brasil

A internet é um grande mercado. Para lojistas que desejam otimizar suas vendas, é preciso explorar esse canal para captar cada vez mais consumidores. Então, se faz necessário enfrentar os desafios do mundo virtual a fim de se adequar à nova realidade dos clientes. Um ERP marketplace pode te ajudar mais do que você imagina!

Existem alternativas que amparam os vendedores e ajudam a conquistar a massa de compradores online. Vender em grandes varejistas é uma excelente opção para isso. Além do mais, ferramentas como o ERP marketplace permitem cada vez mais eficiência no processo.

As grandes lojas, já conhecidas pelo público da internet, oferecem espaço para que estabelecimentos menores anunciem seus produtos. Com isso, você participa de um site cheio de visitas e consumidores fiéis, sendo amplamente visto e divulgado.

Também há no mercado sistemas que proporcionam grande facilidade ao realizar a integração. Permitindo melhor administração dos negócios, eles unem a gerência do seu e-commerce, da sua loja e dos seus itens que foram vendidos pelos grandes lojistas. Um grande exemplo é o ERP marketplace.

Quer entender como pode anunciar em grandes sites da internet e potencializar o alcance da sua marca virtualmente? Fizemos um guia completo ensinando você a vender nos maiores varejistas online do Brasil! Continua com a gente!

Por que vender em grandes varejistas?

Para aqueles que trabalham com comércio, fica claro que as vendas pela internet têm grande importância. Em um momento no qual as lojas físicas perdem cada vez mais consumidores para as eletrônicas, é essencial conhecer e explorar esse mercado, certo?

Com o grande fluxo de compras que acontece todos os dias pelos meios digitais, para conquistar clientes de todo o país, os vendedores apostam em lojas virtuais para potencializar as suas vendas. Porém, um problema surge nesse momento: existe um número considerável de sites que comercializam produtos. Então, de que modo é possível ganhar visibilidade em meio a tanta concorrência?

A resposta para esse problema é explorar novos canais de venda e anunciar nos grandes varejistas! Lojas renomadas, que já contam com a confiança dos consumidores, oferecem espaço em suas prateleiras virtuais, com os marketplaces. Assim, os negócios de pequeno porte conseguem notoriedade. Existem 3 pontos principais que fazem essa ser uma grande alternativa. Veja abaixo!

Confiança dos clientes

Não restam dúvidas de que as compras na internet são uma febre entre os consumidores. Mas é fato que nem sempre se sabe quem está por trás dos sites e se eles são realmente confiáveis. Como existem muitas possibilidades de golpes, a maioria dos internautas não confiam em novas lojas. Afinal, existem poucos indícios da idoneidade do site.

Questões como essa se acabam quando você se associa a um e-commerce que já é referência, quando grande parte dos clientes já compraram nessas lojas ou já as conhecem dos mercados físicos. Então, ao ver seus itens lá, sabem que o produto vai chegar na residência deles e que não estão sendo enganados.

Visibilidade dos produtos

Como já citamos, são muitos e-commerces por toda a internet. Conseguir captar clientes e atraí-los para a sua loja, requer grandes investimentos em marketing. É difícil enfrentar tantos lojistas no mercado virtual.

Os marketplaces renomados já fazem grandes aplicações e publicidade. Por isso, atraem milhões de visitantes. A marca já tem seu nome bastante fortalecido e parte do público já procura diretamente por elas quando precisa fazer uma compra.  A consequência é que, se seus produtos estão anunciados nesses e-commerce, com certeza vão receber muitos acessos. Todos que entrarem nos grandes lojistas para fazer uma busca podem encontrá-los.

Credibilidade da loja

A credibilidade de uma loja é fator decisivo quando falamos de venda pela internet. Os clientes não veem os produtos. Ou seja, nem sempre conseguem confirmar a qualidade do item e saber se ele é bom. Ao tomar a decisão de comprar ou não, a opinião positiva de outros clientes que já adquiriram é um diferencial. O bom nome da loja no mercado também conta para fazer a escolha.

No e-commerce de renome, muitos clientes passaram por ali e gostaram dos produtos. Então, você vence a desconfiança inicial que todos passam ao comprar pela primeira vez de um lojista virtual.

Como escolher em qual marketplace vender?

Agora que ficou clara a vantagem de vender em um grande marketplace, resta outra dúvida. Existem muitas lojas com credibilidade e renome, oferecendo espaço para outras marcas anunciarem em seus sites. Mas qual delas é a melhor opção para a sua loja?

Por isso, existem algumas considerações fundamentais que devem ser feitas antes dessa escolha. Ponderar alguns aspectos garante que a sua empresa vai aproveitar ao máximo o local de vendas. Separamos alguns pontos para que você opte pelo melhor marketplace. Continue conosco e leia!

Avalie o público-alvo

É preciso pensar nos marketplaces exatamente como eles são. Ou seja, eles funcionam como grandes centros de vendas, assim como um shopping, ainda que virtuais. Então, existe um público frequentante daquele espaço. Por isso, os produtos que são comprados pelos seus clientes, precisam ser vendidos em locais onde essas pessoas frequentam, certo? Logo, verifique quem é o público-alvo da sua loja e qual grande lojista elas frequentam.

Não adianta colocar seus produtos em uma prateleira onde as pessoas que o comprariam não podem enxergar, não é mesmo? Com o marketplace funciona da mesma maneira. Verifique qual lojista é o melhor para expor seus itens.

Considere o custo-benefício

Os marketplaces cobram taxas e porcentagens para que sua a sua loja seja incluída. Consultar esses valores é importantíssimo para garantir a lucratividade. Mas, além de verificar os valores, deve-se estimar o custo-benefício.

Então, ainda que existam alguns gastos, o retorno que vai ser obtido vendendo para um público maior compensa? Calcule todos esses números. Dependendo do público, um espaço que financeiramente parecia menos atraente a primeiro momento, pode ser aquele onde você terá um grande volume de vendas.

O contrário também é válido. Existem casos em que, mesmo com o aumento nas vendas, o preço pago para estar no marketplace consome uma parte muito significativa dos lucros. Por isso, faça as contas para todas as opções e veja a mais rentável.

Pense no suporte oferecido

Ao fechar uma parceria com um marketplace, vocês criam um vínculo duradouro. Suas vendas vão passar pelos sites desse lojista antes de serem finalizadas. Logo, é preciso sintonia e comunicação entre vocês. Erros e problemas podem acontecer durante esse processo. Se você contar com o suporte necessário e a disposição da parceria para resolver, corrigir esses imprevistos vai ser mais fácil e gerar menos dores de cabeça.

Por isso, antes de fechar um negócio e escolher o e-commerce para divulgar os seus produtos, pesquise quais são as empresas que fornecem um bom suporte técnico, apoiando os lojistas menores.

Consulte a reputação do site

O principal motivo para anunciar em um marketplace é desfrutar da boa reputação da loja e o reconhecimento da marca por parte dos clientes. Mas, se o e-commerce passa por um momento ruim, com muitas queixas, a opinião negativa dos consumidores pode recair sobre você.

Caso a loja tenha muitas reclamações e não ofereça o devido atendimento aos clientes, se associar a ela pode gerar malefícios. Então, cheque as mídias de reclamação e confira como os compradores avaliam a empresa.

Observe a experiência de consumo no site

Na internet, uma boa experiência de navegação é crucial para que o consumidor compre. Boa navegação, carregamento rápido, categorias bem definidas e layout agradável são algumas questões importantes.

A jornada até a compra pode ser prejudicada sem esses elementos. Ou, ainda, o cliente pode desistir da compra por impaciência. Então, não adianta nada estar em um grande marketplace se você não vai ser encontrado pelos compradores, ficando escondido em uma categoria ruim. Logo, visite os sites das opções para checar se eles otimizam a estadia do cliente e o catálogo de itens, ok?

Como vender o meu produto nesses varejistas?

Tendo em vista todas as vantagens que vender em um grande varejista proporciona para seu comércio online, é preciso entender como conseguir a parceria. Com a união bem-feita, você, com certeza, vai potencializar seu alcance na internet e ganhar mais vendas nesse mercado cheio de consumidores. Continue com a gente, a seguir explicamos passo a passo como você pode se juntar a uma grande loja virtual. Leia abaixo e descubra!

Faça o cadastramento

O primeiro passo para conseguir realizar suas vendas no marketplace é se cadastrar em uma plataforma. Desse modo, o lojista verifica se a sua empresa pode fazer parte dos estabelecimentos que realizam vendas naquele site. Para isso, é preciso que você demonstre interesse. Assim, se faz necessário enviar todas as suas informações para análise do e-commerce. Diretamente na plataforma, você se identifica e manda os detalhes para análise.

O varejista de grande porte vai avaliar o seu perfil, conferindo os dados. Então, dentro de um prazo estipulado, vai definir se você pode ou não fechar parceria com eles. Caso a resposta seja positiva, você poderá vender seus produtos no grande site!

Envie a documentação

É claro que sua empresa deve estar com todas as documentações em ordem. Como os principais varejistas são empresas de grande porte, para conseguir vender neles, sua loja deve estar regularizada para não gerar problemas. Para comprovar que você cumpre com suas obrigações e está com a administração em dia, é necessário enviar todas essas informações antes de fechar o negócio. Logo, certifique-se de que está tudo certo e trabalhe para garantir o que está fora de ordem seja corrigido.

Após reunir todos os documentos, envie-os para a plataforma de marketplace. Reúna os dados e os mande para serem checados. Depois de provar que cumpre com suas obrigações legais e demais exigências corporativas, provavelmente tudo estará pronto para começar!

Integre com um ERP marketplace

O sistema o sistema ERP marketplace tem grande importância para o gerenciamento dos negócios. Quando tratamos de vendas, ele é ainda mais fundamental, pois garante que tudo fique organizado e nenhum pedido se perca. O ERP marketplace ajuda a receber a demanda, controlar o estoque e realizar a emissão das notas fiscais ao mesmo tempo. Com essas informações, fica muito mais fácil administrar o cumprimento das entregas e a gestão da loja.

Dentro das possibilidades do integrador de marketplaces, algumas interfaces ainda oferecem funcionalidades para unificar os produtos. Ou seja, em vez de precisar realizar o cadastro de todos os seus produtos, eles são cadastrados automaticamente, usando informações da sua loja.

Utilizando essas ferramentas em conjunto com um ERP, é possível gerenciar tudo a partir de um instrumento só. A empresa confere as vendas na própria loja, no marketplace, faz cadastro do catálogo, acompanha a entrega, os prazos, a disponibilidade de itens etc.

Com o ERP marketplace, você aumenta a eficiência de todo o processo de vendas. Fica mais simples administrar os produtos nas lojas online, sem precisar desvincular do seu estabelecimento físico. Então, usar o ERP marketplace não diminui sua capacidade de gerir seu próprio e-commerce e seu empreendimento, ok?

Como destacar meus produtos nas lojas dos varejistas?

Anunciar em um marketplace otimiza as visitas e aumenta as possibilidades de venda. No entanto, outras lojas também oferecem seus itens no local. Então, assim como em um shopping, é preciso atrair os clientes do site para o espaço onde os produtos da sua empresa estão.

Portanto, no e-commerce do varejista, você deve fazer o seu papel. Ao divulgar os produtos, é necessário tomar alguns cuidados a fim de gerar mais vendas. Então, toda a experiência deve ser otimizada para que o cliente clique no seu item e faça a compra. Vale lembrar que, assim como se fosse a sua loja, a qualidade do que está sendo vendido e o modo como isso é mostrado para o consumidor afeta a vontade dele de finalizar ou não a aquisição.

Para o ajudar, listamos alguns cuidados que você deve estabelecer de modo a garantir a máxima eficiência nas vendas. Certificando-se dessas questões, você, com certeza, vai ganhar lugar de destaque em meio a todos e vai atender a mais pedidos do que nunca. Vamos a eles!

Ofereça um produto de qualidade

Essa é a essência de qualquer venda, seja no mundo físico ou pela internet. Porém, no mundo virtual, um cliente insatisfeito vai gerar muito mais alarde, divulgando em redes sociais, fazendo comentários negativos, avaliando no site etc.

Então, caso você não entregue o que prometeu, há grande risco de gerar uma propaganda muito negativa para o nome da sua marca. Consequentemente, os consumidores que consultarem essas críticas podem, inclusive, desistir de adquirir o produto.

Já no caso contrário, vendo muitas avaliações positivas a respeito das suas vendas, você se destaca no site. Isso acontece pois, ao ver que dentre as opções, o seu item tem boas recomendações, o comprador entende que ele é o de maior qualidade na lista.

Então, estabeleça como um dos pilares da sua loja divulgar produtos com alta qualidade e boa durabilidade. Apenas a partir dessas características você vai conseguir vendas sólidas e clientes a longo prazo.

Tenha preço competitivo

Os consumidores da internet tendem a ser mais sensatos ao buscarem uma compra. A facilidade para consultar preços é um dos fatores que permite a essas pessoas procurar aqueles mais atrativos antes de escolher uma loja.

Então, a clientela virtual sempre acompanha um parâmetro dos valores praticados. Apenas após checar essa informação, eles consideram as demais características e realizam o discernimento de onde vão comprar.

Por isso, para se manter entre as opções, é preciso vender em uma faixa de preço competitiva. Ou seja, vender a uma quantia que os consumidores considerem razoável em comparação com a concorrência. Portanto, monitore os outros lojistas que dividem espaço com você.

Consulte os valores aplicados nas mercadorias antes de realizar a sua precificação. Dessa forma, vai optar por valores adequados, gerando maior visibilidade e mais chances de compra.

Use imagens atraentes

No mundo virtual, todas as informações são em grande quantidade e a atenção dos internautas dispersa muito facilmente. Por isso, os elementos visuais chamativos e vistosos são ferramentas essenciais, que devem ser exploradas.

Além disso, é conhecido pelo marketing que muitos clientes compram com os olhos. A partir da imagem bonita de um produto, eles podem se imaginar vestindo ou, por exemplo, pensar no objeto em suas casas. Essa satisfação em idealizar algo belo, impulsiona compras.

Sendo assim, a elaboração das imagens dos itens deve ser levada a sério. Ela é o que vai impactar seu consumidor em meio a página com diversos produtos listados. Então, trabalhe em figuras chamativas, bonitas e com qualidade de imagem.

Crie bons títulos e descrições do produto

Os mecanismos de busca são grandes auxiliares no processo de vendas online. Afinal, é utilizando esses sites que o consumidor encontra o que precisa. Com isso, deve-se otimizar o título e a descrição dos produtos. Assim, você garante que quando alguém procurar por algo, os buscadores façam a correspondência com aquilo que você está ofertando. Para isso, existem técnicas, como o uso de SEO, de modo que sua página apareça entre as primeiras nas páginas de pesquisa.

Então, procure informações sobre ferramentas para melhorar a identificação dos motores de busca. Depois, aplique esses conhecimentos ao nomear seus produtos, bem como para determinar a definição deles.

Destaque seus produtos

Cada plataforma de marketplace tem regras e critérios específicos para definir os produtos que têm destaque no site e se sobressaem perante os outros. Entender quais são esses parâmetros e atendê-los é uma maneira de ganhar destaque. Existem sites que escolhem o menor preço, o produto que recebeu mais visitas ultimamente, aqueles que tiveram maior aplicação de investimentos para serem divulgados, os com melhor prazo de frete etc.

Após conhecer tais critérios, aplique tempo e recursos para atender a eles. Lembre-se de que ao entrar no marketplace, os primeiros resultados encontrados têm maiores possibilidades de ganhar cliques dos clientes.

Respeite o prazo de entrega

No ranqueamento entre lojistas, um índice muito importante é o de prazo de entregas. Ele tem mais impacto até mesmo que o preço dos produtos no momento de otimizar o posicionamento das lojas. Assim, é de suma importância cumprir com as entregas pontualmente. Fazer o envio no tempo correto, dentro do tempo estipulado no momento de concluir a venda. Afinal, muitas são as consequências de errar com esse quesito.

Além de gerar muitas reclamações e insatisfação dos clientes, você vai ser prejudicado em relação à concorrência. Então, fica mais difícil conseguir um bom destaque no marketplace. Desse modo, respeite com pontualidade as entregas e não falte com a responsabilidade de cumprir o tempo estipulado com os clientes.

As vendas em grandes plataformas marketplace são uma alternativa para captar o alto número de consumidores online. A internet é um grande mercado em ascensão que reúne cada vez mais clientes. Porém, conseguir se destacar e ganhar a confiança dos compradores é muito difícil. A quantidade de lojas concorrentes e a desconfiança das pessoas podem o impedir de ter um bom público e efetivar vendas.

Por isso, esse e-book teve como objetivo ajudar você a driblar todos esses problemas. Anunciar nos grandes varejistas permite um excelente espaço para que seus negócios prosperem.

Além da credibilidade da loja, você conta com amplo marketing que o site já realiza e a confiança dos consumidores. Com essa união, você tem mais acessos e mais clientes vendo seus produtos. Contar com essa possibilidade traz o ambiente necessário para o início das suas vendas online.

Também existem ferramentas, como o ERP marketplace, que ajudam a fazer a gestão financeira em marketplace da sua loja da maneira mais adequada, tanto no virtual quanto no físico. Assim você anuncia em um grande lojista, mas não precisa deixar de lado nenhuma de suas lojas próprias. Processos como o cadastramento de produtos são automatizados e é só começar a vender.

Gostou da ideia de impulsionar as vendas em grandes lojistas, unificando-se a uma grande loja? Quer contar com uma ferramenta para tornar essa tarefa fácil e pontual? Entre em contato conosco, temos um programa para facilitar esse processo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.