O que fazer com a taxa de abandono do carrinho de compras?

Ao decidir vender pela internet é preciso aproveitar uma das características do espaço virtual: a capacidade de analisar os dados. Por meio das métricas, é possível acompanhar o andamento do negócio e descobrir como contornar as dificuldades.

É o caso de verificar a conversão de leads em clientes ou de campanhas específicas. Além disso, é fundamental ficar de olho na taxa de abandono de carrinho de compras.

O processo é caracterizado quando alguém adiciona um produto, mas fecha a página sem finalizar o pedido e não retorna logo em seguida. Esse modelo estatístico, portanto, representa quem quase adquiriu o item, mas desistiu no último instante. Com as medidas certas, é possível contornar o problema.

Para não ter dúvidas, descubra o que fazer com a taxa de abandono do carrinho de compras. Boa leitura!

Como mensurar na prática?

Apesar de ser tão importante, a medição dessa métrica não é tão difícil. Ela se baseia em uma relação simples e que depende de apenas dois fatores.

O primeiro passo consiste em conhecer quantos carrinhos foram “criados”, ou seja, quantas pessoas chegaram a adicionar um produto em determinado período.

O segundo passo inclui identificar quantas foram as vendas efetivamente realizadas. A diferença entre carrinhos criados e vendas concretizadas representa o total de abandonos. Para chegar à taxa, basta dividir pelo total criado. A fórmula fica assim:

Taxa de abandono = [(Total de criação de carrinho de compras – Compras efetivas) / Total de criação de carrinho de compras] x 100%

Imagine que, em um dia, 100 pessoas adicionaram ao menos um item ao carrinho. Porém, foram 50 as vendas efetivas. Então, a taxa de abandono é de 50% — 1 em cada 2 pessoas não completou a compra após chegar a essa etapa.

Quais são os valores normais dessa taxa?

Para decidir se o seu número é elevado ou não, o melhor a fazer é compará-lo com taxas já encontradas no mercado. Desse jeito, é fácil ter uma ideia de como é o comportamento.

Globalmente, a taxa de abandono de carrinho de compras é de 75,6%, em todos os setores. O mais alto, segundo a SaleCycle, fica no ramo de turismo: 81,1%. No entanto, não significa que é uma boa saída se contentar com um valor tão elevado. A ideia é conseguir diminuir esse número, já que isso leva a uma taxa de conversão otimizada.

Quais são as razões para o seu aumento?

Entender o que faz com que as pessoas abandonem uma compra que estava tão próxima da finalização é essencial. Ao compreender esses aspectos, é possível agir para otimizar a taxa de conversão e conseguir o melhor desempenho de vendas. Então, veja quais são os principais motivos para a elevação do índice.

Custos extras

No Brasil, o fator que mais influencia o abandono do carrinho de compras é o frete. O valor de entrega, normalmente, não é apresentado na página do produto, pois depende de informações do endereço. Com isso, ao chegar ao carrinho, muitas pessoas desistem pelo gasto considerado elevado.

Além disso, outros custos extras desestimulam a aquisição. É o caso de quem segue para o checkout e nota que o preço é diferente do anunciado — seja por erro, seja por encerramento da oferta. Com esses valores imprevistos, o abandono é o comportamento padrão.

Necessidade de pesquisa extra

A maioria das pessoas que chega a uma loja virtual ainda não está pronta para a compra. Em média, 76% dos brasileiros pesquisam online antes de realizar um pedido. Então, nem sempre seguir para o carrinho significa intenção de compra.

Esse cenário aparece entre os principais motivos para o abandono. É comum que as pessoas estejam “apenas dando uma olhadinha” para conhecer o produto e tomar uma decisão. Outras adicionam para simular os custos totais e poder comparar preços. Com isso, existe uma chance de retorno.

Complicações no checkout

A maioria das pessoas deseja fazer compras online rapidamente, como se estivesse em uma loja. No entanto, pode se deparar com extensos cadastros ou seguir várias fases para concluir o pedido.

Sites com esse tipo de estrutura são deixados de lado e geram perdas de boas oportunidades. Também é o que ocorre com etapas pouco intuitivas e que demandam muito de quem quer comprar.

Falta de segurança

A preocupação com a segurança dos pedidos online permanece forte. Quando alguém chega ao checkout e não confia no ambiente para inserir seus dados ou gerar o pagamento, é provável que deixe o site.

Ainda pode acontecer diante da falta de opções de pagamento, como boletos ou cartões de crédito. Uma página que só aceita o depósito em conta, por exemplo, é vista como insegura.

Erros técnicos e dificuldades

Além de tudo, as pessoas abandonam o carrinho de compras diante de erros e dificuldades técnicas. É o caso do formulário de cadastro que não carrega corretamente ou da senha que é considerada inválida.

Como isso gasta tempo e esforço, as pessoas preferem abandonar o pedido e realizá-lo em outro endereço.

Como diminuí-la?

Reduzir a taxa de abandono do carrinho de compras é possível, desde que as técnicas certas sejam utilizadas. O processo exige acompanhamento dos resultados e entendimento sobre o público, de modo a gerar boa performance. Por isso, veja ações para reduzir a métrica.

Crie uma política vantajosa de frete

Já que o frete é um dos grandes vilões, ele merece atenção especial. Simplesmente eliminar o valor de entrega para todos os pedidos não é viável, mas é possível estabelecer novas condições.

Ofereça, por exemplo, envio gratuito para quem adquirir um total mínimo. Além de aumentar o ticket médio, é um jeito de reduzir o abandono.

Aposte nas ofertas personalizadas

Também é preciso usar as interações no carrinho para gerar ofertas personalizadas. O retargeting inclui exibir anúncios dos produtos em outros ambientes, como nas redes sociais. Esse segundo impacto pode fazer com que a pessoa retorne e feche a compra.

Além disso, o envio de e-mails com condições especiais é interessante. Trazer um desconto para estimular a compra do que foi deixado para trás gera cerca de 18% em conversões.

Otimize o checkout

O momento de finalização é crucial, então para reduzir o abandono é importante otimizar essa área. Crie um espaço fácil e intuitivo, com poucos passos até completar o pedido. Além disso, confira se não há erros ou distrações, pois essa etapa é fundamental para chegar à conversão.

Facilite o retorno ao carrinho de compras

Se a pessoa retornar ao site e encontrar os itens no carrinho, ela pode encarar como um “sinal” para fazer o pedido. Já que a praticidade é tão importante, garanta que o retorno aos produtos abandonados seja fácil. Sem essa recuperação simplificada, as chances de conversão caem.

Como utilizá-la a seu favor?

Embora a taxa de abandono de carrinho de compras seja um problema quando fica alta, também pode ser usada a favor do seu negócio. Com a avaliação dos dados, dá para saber quais produtos geram mais interesse ou como criar as condições certas de preço e entrega.

Ainda é possível reconhecer a necessidade de otimizar o checkout e melhorar a experiência para todos os envolvidos. Como qualquer métrica, ela é útil para orientar a atuação com vendas virtuais e favorecer o negócio.

A taxa de abandono de carrinho de compras tem de ser acompanhada porque influencia o sucesso da sua loja virtual. Para otimizar as conversões, o ideal é atuar em um marketplace. Com toda a estrutura e otimização, essa solução ajuda a evitar o problema.

Para ter êxito na atuação em marketplaces, nada melhor que ter um bom recurso de integração. A Connect Hub é uma referência no ramo e pode auxiliá-lo a fazer a transição. Entre em contato conosco e conheça a nossa solução!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.