integração com marketplace

10 dicas para escolher uma boa empresa de integração com marketplace

O comércio eletrônico vem se tornando preferência de compras do povo brasileiro, e isso está sendo provado por meio do crescente faturamento desse mercado.

A facilidade em encontrar os produtos e os preços mais baixos, se comparados com as lojas físicas, são os grandes atrativos das lojas virtuais e a integração com marketplace pode colocar o seu negócio para competir com os grandes varejistas.

O uso dos marketplaces tem sido uma opção viável para expansão dos negócios e para atrair mais visitantes para lojas virtuais. A grande visibilidade que essas plataformas oferecem é um excelente atrativo e o baixo custo inicial é outro fator essencial.

Se você tem dúvida de como integrar seu e-commerce a uma plataforma ou sobre qual é o melhor integrador, não deixe de conferir este artigo, que explica como funciona o processo e ainda traz dicas para escolher a melhor empresa.

Preparado? Então, vamos à leitura!

O que é uma integração com marketplace

Um integrador de marketplaces é uma ferramenta que facilita a entrada e a administração da loja dentro desse modelo de negócio. Por meio dele, os lojistas que agem nesse canal, facilitam a integração com marketplace com várias lojas, além de atenderem os pedidos e modificarem os preços.

No mercado, existem dezenas de empresas focadas em realizar a integração entre os lojistas e esses shopping virtuais. Essa intermediação não se limita em inserir as lojas virtuais nos marketplaces.

Geralmente, essas integradoras oferecem algumas facilidades aos empreendedores, como pacotes de anúncios dentro e fora da plataforma, descontos no comissionamento, entre outras vantagens.

A integração entre a sua loja virtual e o marketplace visa deixar o gerenciamento entre dois canais de vendas mais simples. Visto que, com a entrada nessa plataforma, a loja acaba se tornando mais uma empresa para o lojista.

A administração de ambos os negócios será centralizada em uma única ferramenta que dará todo o suporte necessário.

Como é o funcionamento do integrador

Basicamente, a plataforma integradora centralizará todas as informações de pedidos que o lojista receber de todos os marketplaces onde está inserido.

Além da concentração desses dados, o integrador também permite compartilhar esses elementos com outras ferramentas, como o ERP, tão utilizado na gestão das finanças, estoque etc.

Com isso, o software do ERP terá um histórico das atividades ocorridas, tanto na sua própria loja virtual quanto nos marketplaces em que estiver locado. Essa integração total dará uma ampla visão de como anda o seu negócio e se suas estratégias estão, de fato, sendo executadas.

Além do mais, a integradora também reunirá as informações do seu estoque atual — sendo ou não exclusivo do marketplace —, fazendo com que você tenha total controle sobre a quantidade de produto disponível para atender as demandas, tanto dos shoppings virtuais quanto do seu próprio e-commerce.

Com essa integração com marketplace será possível criar regras de preço, estoque e categorias de produto, tudo isso de maneira simples e rápida.

Ou seja, se quiser fazer uma promoção de frete grátis nas compras acima de R$ 99,00, poderá ser feita da própria integradora, sem ter que ir em todos os marketplaces.

Quais são as vantagens dessa integração

Provavelmente você conseguiu visualizar como a integração entre o seu negócio e um marketplace pode ser bem interessante, mas deve está se perguntando quais são as vantagens, certo? Confira algumas e tire suas próprias conclusões.

Buybox para destacar os produtos

Como o marketplace é considerado um shopping virtual, ele oferece produtos de milhares lojas virtuais, e muitas contam com os mesmos produtos, o que influencia no aumento significativo da concorrência.

Por esse motivo, foi criada a ferramenta Buybox, que é utilizada como estratégia para destacar os produtos de determinadas lojas.

O funcionamento é básico: ela dará o devido destaque para os produtos que oferecerem as melhores opções, de acordo com a busca dos consumidores.

Portanto, mesmo que outras empresas também apareçam nos resultados, a sua terá a chance de provar para os consumidores que realmente é a melhor escolha.

Aumento de vendas

Sem dúvida alguma, essa é a melhor vantagem da integração com marketplace. O privilégio de crescimento das vendas para os lojistas.

Os marketplaces têm uma grande visibilidade, com um alto número de visitantes diariamente, e o melhor: o custo inicial é baixo, se comparado à criação de uma loja virtual.

A grande exposição dos seus produtos e, consequentemente da sua marca, é um grande chamariz para fidelizar clientes que antes não podiam ser alcançados por causa da limitação do seu e-commerce.

Além da grande exposição, que pode significar um aumento real de credibilidade no mercado e, como resultado, o aumento nas vendas, dará a possibilidade de acompanhar de perto como a concorrência está se comportando no mercado.

10 dicas para escolher a melhor empresa integradora

Se você chegou até este ponto, é por causa de todas as vantagens que essa integração poderá oferecer ao seu negócio. Mas, provavelmente, deve ter dúvidas de como, de fato, fazer essa integração, certo?

Por isso, preparamos algumas dicas para que você possa fazer a melhor escolha de uma integradora para a sua marca. Confira quais são:

1. Verifique quais clientes o integrador atende

De certa maneira, essa dica parece um pouco óbvia, mas investigar quais clientes essas integradoras atendem pode ser um bom indicador da qualidade — ou não — dos serviços oferecidos.

Com isso, será possível verificar se existem reclamações e como a empresa agiu nesses casos, se o suporte é bom, entre outros pontos.

2. Observe a capacidade do integrador em acompanhar o crescimento da loja

Outro detalhe essencial é observar se a empresa integradora conseguirá acompanhar o crescimento da sua loja dentro dos marketplaces. Essa observação, apesar de ser simples, pode ser considerada crucial no momento da escolha.

Especialmente porque, segundo o seu planejamento, em um determinado período sua empresa crescerá e, por isso, a integração deverá seguir junto a essa evolução.

Se a sua loja escalar e não tiver uma ferramenta de integração capaz de acompanhá-la, ela apresentará problemas que vão além do virtual. Toda a cadeia logística será prejudicada e a reputação do seu estabelecimento também.

3. Verifique se o contrato tem cláusula de fidelidade

Cláusulas de fidelidade podem ser um grande problema para a sua empresa, caso no meio do caminho fique totalmente insatisfeito com os serviços prestados pela integradora.

Apesar de ser considerada uma proteção para a empresa contratada, forçará o cliente — ou seja, você — a ficar pelo período acordado anteriormente e isso pode enfraquecer a relação entre ambos os lados.

4. Confira a estabilidade do sistema

Os negócios digitais têm a vantagem de funcionarem 24 horas por dia, 7 dias por semana e 365 dias por ano, e a integradora deverá acompanhar esse período integral.

Por isso, eles não podem se dar ao luxo de parar sem prejudicar a satisfação do consumidor ou representar uma perda em vendas.

Imagine que a plataforma que escolheu pare de funcionar exatamente no momento em que um consumidor está concluindo uma compra? Além de gerar prejuízo financeiro, isso vai diminuir a credibilidade da sua marca junto ao mercado.

Avalie a estabilidade do sistema oferecido pelo seu fornecedor e veja se ele garante, em contrato, uptimes e downtimes satisfatórios para as operações da sua loja virtuai.

5. Compare preços antes de contratar

Um bom serviço não sairá barato, mas oferecerá para a sua loja uma relação de custo-benefício vantajosa.

Ao optar por uma ferramenta para integração de marketplace você verá que há preços bastante distintos no mercado, mas logo entenderá que o menos oneroso nem sempre é o melhor.

Embora algumas marcas consigam oferecer integradores por preços abaixo dos praticados no mercado, a performance e a eficiência dos serviços que prestam deixa a desejar, fazendo com que seja necessário investir em uma outra ferramenta, sem obter o retorno que esperava da primeira.

Verifique quais são os preços praticados por cada fornecedor e se lembre de comparar isso ao número de funcionalidades e facilidades oferecidas junto a cada integrador. Assim, você conseguirá discernir qual serviço traz mais benefícios com menor custo.

6. Verifique a estratégia de SEO da plataforma

Como os seus produtos serão encontrados dentro dos marketplaces? Search Engine Optimization, ou SEO, é uma maneira de fazer com que o tráfego orgânico na internet (aquele que não é originado via anúncios) seja direcionado para uma página em particular.

Você já deve ter notado, ao fazer suas próprias compras na internet, que o seu comportamento como consumidor mudou nos últimos anos.

Com a proliferação de informações sobre produtos, antes de fechar negócio é necessário pesquisar bastante sobre eles e saber quais são os preços praticados no mercado.

Tudo isso te ajuda a conseguir a melhor oferta possível.

Seus clientes fazem o mesmo todos os dias. E quanto mais informados estão, mais seguros se sentem na hora de fechar negócio mesmo com aquelas marcas de que nunca ouviram falar.

O mecanismo de busca do marketplace e o próprio Google serão seus grandes parceiros nesse processo de informar o consumidor.

Um bom serviço de integração de marketplace vai colocar em suas mãos ferramentas intuitivas e simples para integrar palavras-chave a descrição dos itens nas loja para que eles apareçam nas listagens antes dos produtos dos concorrentes.

Consulte junto ao seu fornecedor como o SEO é trabalhado na plataforma e se ela oferece otimizações para dispositivos móveis.

7. Solicite uma demonstração da ferramenta

Testar um produto antes de comprá-lo é uma boa ideia e isso não seria diferente com ferramentas de integração de marketplace.

Quer você já tenha uma presença em lojas de terceiros ou esteja colocando as suas ofertas em um marketplace pela primeira vez, avaliar como o software que está contratando funciona é a única maneira de saber se está fazendo a escolha certa.

Por isso, solicite junto ao seu fornecedor em potencial uma demonstração. Ele não terá problemas em fazer isso e poderá mostrar a sua equipe exatamente como funciona a ferramenta de integração de marketplace que vende, quais são os principais diferenciais dela em relação a outros serviços e o que você deve fazer para receber resultados ótimos ao implementá-la.

8. Consulte as funcionalidades para o seu mercado

Acha que todo integrador é igual? Isso não é verdade. Lojas virtuais e marketplaces trabalham com nichos, ou seja, parcelas do mercado cujas necessidades atendem melhor que ninguém.

É natural, portanto, que elas precisem atender a expectativas bastante específicas para fazer isso. Escolher o sistema de integração de marketplace ideal vai ajudá-lo a obter melhores resultados.

Algumas lojas, por exemplo, permitem que consumidores deixem reviews para os produtos que adquiriram e o serviço que foi oferecido pelo estabelecimento.

Outras suportam zoom para que os produtos sejam vistos de perto. Há também aquelas que integram vídeos à demonstração de produtos ou até sugerem itens que, quando combinados, fazem com que o cliente saia mais satisfeito com a sua aquisição.

Antes de escolher a ferramenta de integração com marketplace ideal, você deve perguntar ao fornecedor sobre as funcionalidades desenvolvidas com exclusividade para o seu mercado. Elas farão com que a integração dos seus produtos aos marketplaces do nicho seja uma tarefa descomplicada.

9. Avalie atendimento e suporte oferecidos pelo fornecedor

Atendimento e suporte são itens importantes para se verificar antes de contratar qualquer tipo de serviço, seja a hospedagem de um site ou um integrador de marketplace.

Isso porque sem um bom atendimento e sem uma equipe especializada para dar apoio à implementação, você terá dificuldades em usar todas as funcionalidades do recurso que contratou e não obterá o melhor custo-benefício com ele.

A melhor maneira de avaliar a eficiência da equipe de suporte e atendimento de um integrador de marketplace é observando o quão satisfeitos estão os clientes dela. Se eles fazem boas recomendações, com certeza estão recebendo um serviço que vai de encontro às expectativas.

10. Busque uma plataforma com relatórios consolidados

Por último, não se esqueça de buscar uma plataforma que dá a você tanta informação quanto possível sobre a sua loja. Relatórios consolidados são reports completos sobre os seus clientes e pedidos.

Esses relatórios ajudam a melhorar o funcionamento da sua loja porque passam informações importantes para a gestão.

Eles podem, por exemplo, mostrar em que regiões do país há mais pedidos de devolução ou de cancelamento para que você faça uma gestão de frete que não resulte em prejuízo para a sua empresa.

Bons relatórios permitirão que tome decisões melhores e tenha uma loja mais lucrativa e eficiente.

Optar por uma integradora de qualidade dará uma vantagem comercial para sua empresa, visto como é grande a concorrência dentro dos marketplaces.

Connect Hub, por exemplo, oferece atendimento proativo, que suprirá todas as necessidades e dúvidas que surgirem ao longo do caminho. Além disso, ela oferece uma plataforma bem intuitiva, que ajudará você a administrar a integração com marketplace.

Sua equipe é grande e terá muitas pessoas administrando as várias lojas nos mais variados marketplaces? Não tem problema, você não terá gastos extras por permitir que vários usuários façam a gestão da ferramenta.

Gostou do nosso conteúdo sobre integração xom marketplace? Se você ainda tem dúvidas de que a nossa solução foi feita para você, entre em contato conosco e peça uma demonstração gratuita do produto!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.